A Fome no Mundo

Em Roma, capital da Itália, ocorreu nos dias 16, 17 e 18 de novembro um encontro entre líderes de todos os países para discutir a fome mundial. Em 2009, pela primeira vez na história, o número de subnutridos passou de um bilhão de pessoas.
Isso mesmo, o mundo cada vez mais rico e as pessoas cada vez mais pobres. Cada um visa o seu próprio interesse, a ambição dos empresários, a ganância das empresas que só destróem a natureza e não respeitam nada. E apenas alimentam o verde das cédulas de dólar, o dinheiro, que vem transformando o verde em um rio vermelho de sangue: matam por terras, matam por madeira, matam pela exploração do ouro e de pedras preciosas.
Se cada nação tivesse um pouco de sincera boa vontade em exterminar a fome no mundo, não existiria mais fome. Já pensou se o país sede do tal encontro, a Itália, doasse todo ouro do Vaticano? Até porque Deus não precisa de ouro, ajudaria a erradicar a fome na Terra e Jesus ficaria muito satisfeito.
Segundo cálculos da UNICEF e outras organizações mundiais, com apenas três porta aviões dos mais modernos americanos, poderíamos dar comida e medicamentos durante um ano a todas as crianças com fome e doentes de todo mundo, que morrem em um ritmo acelerado a cada dia. Dinheiro gasto com guerra, a indústria bélica patrocina os dois lados da mesma moeda sem pátria ou facção – trabalha para o “bem” e para o “mal”. A paz pela guerra, pois não importa para eles vencedor ou vencido, o que importa é o dinheiro na conta desse bandidos.
A Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO, da sigla em inglês), não tem poder algum contra a máfia mundial que só pensa nos seus interesses e devasta o mundo com seus produtos de consumo que só os enriquecem mais e devastam o globo.
Fome, eles nunca sentiram na vida, nem sabem o que é isso. Essa reunião acabou em pizza, pois erradicar a fome não traz lucro pra ninguém, só gastos!
Princesas não se desprendem de seus lindos palácios e de suas lindas jóias. Cada presidente, rei, príncipe, princesa, vive no seu conto de fadas, inauguram uma obra social ali, aparecem na mídia por algum tempo para enfim tudo ser esquecido no final.
A fome anda sobre a terra desde que o homem se deu por si, pois por uma simples causa muitos têm pouco e pouquíssimos têm muito.
Morremos e não levamos nada da Terra, aonde é sem sentido acumular fortunas enquanto falta o básico para muita gente no mundo.
Precisamos de homens de verdade com coragem para reverter esse quadro.
Dizem que a fome é um problema de distribuição de recursos e não de produção de recursos, pois o mundo os oferece em abundância a todos.
Autoridades não precisam colocar comida na boca do povo.
Não precisa nos dar a pesca. Dê-nos a vara de pescar. Dê a vara de pescar ao povo, que o povo pesca sozinho.
Metade das terras do Brasil estão na mão de 1 %, enquanto o pequeno agricultor não tem apoio nenhum do Governo. Cada governante mundial poderia fazer mais verde brotar em seu próprio país.
Aqui no Brasil temos o “bolsa esmola” oficialmente conhecido como “bolsa família”, um programa assistencialista que tapa o sol com a peneira.
Vamos dar condições ao povo faminto no mundo de se auto-sustentar. Não adianta fazer como atores hollywoodianos, que adotam crianças africanas sob influência de seus empresários para passar uma imagem boa para o seu público.
O problema é bem maior e de mais fácil solução se cada nação fizer sua parte.
Saudades eternas de Mahatma Ghandi, Madre Teresa de Calcutá, o sociólogo Betinho e tantos outros que lutaram verdadeiramente pelo fim da fome mundial. Pois a fome do ano inteiro só amolece os corações no Natal, data de celebração do nascimento de Jesus Cristo.
(*) Alexandre Braga é presidiário, tem 36 anos, está aguardando o seu julgamento na 59º DP, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

2 comentários sobre “A Fome no Mundo”

  1. Nunca foi preciso um Bin Laden.
    Existem duas formas muito antigas de subjugar-se um povo e escravizá-lo entre outras mais lentas e eficientes:
    A primeira é PELA FOME, é o caso do México anexado aos EUA e Canadá para formar um novo estado através do tratado que o fhc quer (continuam querendo e se articulando) empurrar o Brasil http://www.wnd.com/news/article.asp?ARTICLE_ID=52604
    A segunda é PELA GUERRA, nas mais variadas formas, sendo o que mais lhes agrada é o bombardeamento literal da população; é o caso do Iraque, Vietiname, Afeganistão, Líbano, Hiroxima e Nagazaki os maiores atentados terroristas de todos os tempos, a lista é enorme… As preparatórias e menos radicais são do tipo ANEXAÇÃO POR TRATADOS como o assinado por Uribe entregando a Colômbia como base para o cerco militar e aniquilação DOS HERÓICOS BOLIVARIENOS. O Brasil não vai escapar dos estilhaços e do “fogo amigo”.
    E o NATAL está aí na mídia, outra vez para a confraternização hipócrita das partes opressoras e oprimidas… É um dia só e passa rápido…
    Sinto muito,sou grato.

  2. Eu acho muito interessante e concordo com o modo que ele visualiza o mundo pobre e mediocre em que vivemos,pessoas que não tm o sustento emcasa para seus filhos,e a cada dia que passa fica pior pois os governantes só priorizam seus interesses e esquecem a população que na maioria é esquecida.

Deixe uma resposta