A felicidade é um problema individual

 

“A felicidade é um problema individual”.

Realmente Sigmund Freud já deveria ter as suas convicções quando decidiu escrever essa frase. Eu no meu canto, sozinho, em busca da felicidade o imaginava.  Ele, o pai… Da Psicanalise, da análise da mente. Depois de muitas entrevistas poder chegar a essa conclusão e claro, que isso se deu há alguns anos atrás. No mínimo, essa conclusão surgiu dele, por si só, ao verificar que a receita pronta da felicidade não seria a solução. De nada valeria aconselhar para tentar colocar a felicidade goela adentro em um indivíduo. Os conselhos definitivamente não valem a pena. Podem até momentaneamente acrescentar mas não modificam completamente o destino do outro. Não acredita na minha análise? Pergunte você mesmo a um psicólogo e, chegue individualmente às próprias conclusões. Não busque a felicidade e sim, faça-a acontecer. Ela é individual podendo ser dividida a partir de você, se você claro, estiver feliz. Isso não é conselho. Repito, não é um conselho Pode ser usado ou não a partir de suas próprias convicções.

A felicidade é um problema individual. A vida e a saúde também. As decisões encontram-se frente a essas conclusões. Eis que um dia, dormimos tristes e, acordamos felizes, saudáveis e ricos, quer dizer, envolvidos em uma sensação  de plenitude adquirida a partir do desejo  de ser feliz e colocá-la em prática.

Seja feliz sozinho. Plante sua própria semente. Regue-a diariamente. Colha seus frutos e no final se orgulhe de tê-lo feito. Vale como uma sugestão. Depois me conta como foi o passeio. Eu estarei esperando que você esteja feliz nesse dia.

Um comentário sobre “A felicidade é um problema individual”

Deixe uma resposta