7 mentiras sobre Cuba que você sempre quis retrucar, mas nunca soube como

leandro leocadio leitePor Leandro Leite Leocadio

1 – A revolução liderada por Fidel tirou a liberdade dos Cubanos!

Refutação: A revolução liderada por Fidel Castro teve como objetivo, justamente, a derrubada de uma ditadura militar capitalista implantada e sustentada pelos Estados Unidos, defensores da democracia e da liberdade – deles -, que transformou a ilha caribenha em um antro de prostituição e jogos ilícitos.

2 – Se o comunismo fosse bom, Cuba não estaria na miséria!

Refutação: Cuba é uma ilha rochosa e, portanto, pobre em recursos naturais. Se houve miséria e problemas de abastecimento, foram claramente e comprovadamente causados pelo isolamento e bloqueio econômico promovidos também pelos Estados Unidos, por mais de 6 décadas, instituído, coincidentemente, logo após Fidel ter desapropriado empresas americanas para distribuir terras aos cubanos, e estreitar laços com a extinta União Soviética.

3 – Fidel é um ditador violento e sanguinário!

Refutação: Realmente, houve excessos ao longo da gestão do líder cubano. Mas por que só ele leva a fama, enquanto os presidentes dos Estados Unidos entram para a história como paladinos da liberdade e da democracia? Violento é o país que tentou matar o chefe de estado cubano mais de 500 vezes, literalmente. Além de atentar contra a vida de tantos outros líderes latino-americanos. Diga-se: os Estados Unidos. Uma nação que continua fabricando guerras por todo o planeta, matando milhões, para saciar seu vil interesse pelo petróleo.

4 – Mas o comunismo acabou com Cuba!

Refutação: Cuba tem hoje um alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), um dos maiores do mundo. Maior mesmo que o do Brasil, que é uma democracia capitalista. E antes que falem que é culpa do Lula, foi no governo do sindicalista, também de viés social, que o nosso país atingiu sua maior marca de IDH da história. Esse índice é utilizado pela ONU para padronizar a avaliação e a medida do bem-estar de uma população, especialmente bem-estar infantil. É usado para medir igualmente o impacto de políticas econômicas na qualidade de vida da população. Tanto a medicina quanto a educação cubanas, altamente avançadas, servem de modelo para todo o mundo. Aliás, os 10 menores IDH do mundo são de países capitalistas. O que confirma que o capitalismo não é garantia de riqueza nem progresso para todos. Talvez para poucos.

5 – Ah, mas se Cuba é tão boa assim, por os cubanos vivem fugindo de lá?!

Refutação: Dissidentes há em todo lugar. Do mesmo jeito que aqui, num país capitalista, há uma minoria formada por comunistas, lá, numa nação dita comunista, também há uma minoria capitalista que, portanto, discordam e lutam contra o governo. Já quanto a emigrantes, milhares de pessoas fogem, todos os dias, de países capitalistas, tentando entrar ilegalmente em outra nação. Inclusive os brasileiros, que, nos tempos da ditadura tão elogiada hoje em dia, e nos tempos do governo do PSDBandidos tão perdoada hoje em dia, bateram recordes de emigração para Miami, por exemplo.

6 – O salário dos Cubanos é baixo, por isso eles aceitam subempregos e salários sub-humanos aqui no Brasil!

Refutação: Para começar, Cuba pode realmente ser ruim para o brasileiro de classe média alta, mas é para 100% de seus habitantes melhor do que o Brasil é para 90% dos seus. Esse não é um chute estatístico, mas uma estimativa conservadora. 75,9% dos brasileiros vivem com menos de U$10.000 ao ano enquanto 10% dos brasileiros abocanham 75,4% da renda nacional (1% abocanha 48%). A renda per capita em Cuba ajustada por poder de compra é de 20.611 dólares internacionais, enquanto a do Brasil antes da depressão econômica era de 15.893 dólares. O povo daquela ilha rochosa bloqueada é mais rico que o povo do continente Brasil. Essa é uma realidade chocante e geralmente desconhecida.

7 – Mas em Cuba não tem liberdade, aqui tem!

Refutação: Para o brasileiro da classe média alta a quantidade de liberdade é mais importante do que o pão. É claro, ele tem pão! Bem mais do que isso, ele faz parte dos 10% de privilegiados brasileiros. Logo, é mais livre aqui do que seria lá. Mas sua diarista certamente não.

O capitalista finge ser a favor da liberdade e do mérito, enquanto na verdade é contra. Mais de 75% dos brasileiros não têm a liberdade de escolher a escolha onde quer estudar, não têm a liberdade de escolher cursar o ensino superior, não têm a liberdade de escolher o hospital onde quer ser atendido.

Não ouso afirmar que o regime implementado e mantido pelos irmãos Castro seja perfeito. E não é. Mas verdades são verdades, e mentiras são mentiras. No entanto, podemos constatar, hoje, inúmeros defeitos e falhas também no nosso próprio sistema político, que está longe da perfeição. E se os EUA são ricos e prósperos, esse fato não se deve a seu sistema econômico, tampouco a seu sistema político. Deve-se, antes, à cruel e egoísta exploração de dezenas de países ao redor do mundo.

(*) Leandro Leite Leocadio é sociólogo, escritor, impostor, jornalista, cartunista e vigarista. Escreveu no jornal O Estado de São Paulo, na revista Bundas e no jornal Pasquim 21.

Leia mais sobre:

28 comentários sobre “7 mentiras sobre Cuba que você sempre quis retrucar, mas nunca soube como”

  1. Maravilhosa exposição pontual dos diversos comentários que são cotidianamente repetidos por aqueles que não sabem o que é IDH e para que serve a sua medição. Aliás, não têm o mínimo interesse nesse conhecimento, o seu interesse é mandar os filhos para os USA para serem felizes por lá como porcos latinos. Parabéns, Leandro!

  2. Há tempos que não vejo argumentos consistentes sobre estas questões que envolvem Cuba que, no limite, faz refletir mesmo que o leitor não seja simpatizante do Socialismo mas, busca pensar sobre estas questões e não é tão apenas se firmar nas suas próprias certezas.

  3. Falam dos refugiados cubanos,mas o que me dizer da crise na Europa ? É por culpa do comunismo? Não prometeram liberdade para o Afeganistão ,Iraque ,Haiti e Líbia?

  4. Tá SERTO, resumindo, a culpa não é minha, eu passo fome pq meu vizinho não trabalha suficiente pra comprar comida pra ele, e me dar um pouco.
    Eu bato na minha mulher mas a culpa é do meu vizinho que não vem ajudar ela.
    Eu sou um bosta, mas a culpa não é minha, meu vizinho é culpado por ser menos bosta que eu. Kkk?kkk

  5. Estive em Cuba ha um ano atraz.Virou capitalista para os Turistas mas continua socialista para o povo que nada recebem vivendo de duas moefas com limite de consumo.O pais tem transporte caindo aos pedacos comunicacao so nos hoteis ou telefonicas.Seguranca otima mas traficante morre se la aparecer casas minimas para assistir televisao com canal fiscalizado pelo governo tem que assistir do lado de fora porque o calor é insurpotavel e todos nao cabem na sala.Como turista me carregaram no colo mas o povo so o essencial e com muita prostituição escondida.Eu gostei muito mas….

  6. Eu nunca li tanta coisa sem nexo e contraditória por si…
    O rapaz que escreveu esse artigo, não refutou nada, apenas teve o trabalho de tentar dar explicações superficiais que são um retrato boçal do que é a cabeça de uma pessoa de …
    Apenas com poucas palavras, consigo refutar toda essa bobeira escrita…
    Se o socialismo é tão benéfico à uma nação, então por si, deveria o país, caminhar por pernas próprias. Mas não, a culpa do da ilhota fazer com que seus cidadãos, não tenha acesso a bens básicos, é do capitalismo imperialista selvagem americano que impôs um embargo econômico…
    Meu Deus, é difícil de acreditar o que se passa no miolo de uma cabeça de esquerda. São os tipos de pessoas mais tontas que existem…
    …O pior é ver gente nos comentários, abanando as orelhas para o artigo…
    Deu algumas boas risadas…

  7. Gostaria de saber mais. Por exemplo: porque apenas agora que estas verdade aparecem? Como saber se isto é mesmo verdade? O que é citado no final da reportagem sobre este cidadão ( Leandro) no final da reportagem é sério? Se isto for verdade, não tem como se acreditar nisso que foi escrito. Apenas agora, surgem estas sete verdade, não havia como mostrar estas ditas verdades antes?

  8. Sempre acompanhei as noticias sobre Cuba,e os avanços n as áreas da educação e saúde. Pra elite brasileira Cuba é demonizada por não oferecer a eles o que buscam em Miami, no entanto para as pessoas de viés socialista , é o paraiso por não se ver crianças´nos faróis , ou dormindo na rua ,todos frequentando a mesma escola pública, e uniformizados, sem a minima ostentação de grifes. E o povo ?O mais alegre do mundo,eles sabem que não fosse pelos embargos impostos , teriam carros modernos e tudo o mais que um país sem bloqueios poderia ter, no entanto sabem que hoje a liberdade que desfrutam não tem preço, comparado ao que viviam antes da revolução,!!!!

  9. O Obama foi atrás do sistema de saúde dos cubanos; qdo fui lá em 2015 tava cheeeio de yankis se divertindo e gastando!
    A segurança deveria ser citada no texto: vc desliga totalmente o radar que estamos acostumados no BR!

  10. As 7 coisas mais importante para qualquer ser humano são: alimentação, saude, educação, habitação, trabalho, cultura e liberdade. Amantes dos privilégios, os capitalistas do mundo inteiro condenam os governos socialistas. É fazem uma campanha feroz contra o regime e o governo de Cuba. O direito de liberdade é relativo. Não é justo e nem correto que alguém fake ou faça algum a coisa que seja prejudicial a outras pessoas ou ao seu povo e o seu país. Uma grande parcela da humanidade é egoísta e é capaz de explorar e até escravizar os seus semelhantes para conseguir riqueza, fama e poder. O nível cultural da população de Cuba é um dos mais elevados das Américas. Se permitisse que qualquer pessoa fizesse crítica e campanha contra o regime e o governo, uma parcela da população faria coro com a campanha anticomunista dos EUA e Cuba voltaria ser uma republiqueta pobre e miserável como foi antes da revolução cubana. Por este motivo, e somente por isso, o direito de crítica é de manifestação política é relativo. Com secessão desta particularidade, poucos países das Américas satisfazem tão bem os outros 6 direitos fundamentais listados no início deste comentário.

  11. É verdade. Eu estive la em 2003. Circulei por todo o país, conversabdo com os cidadãos nas ruas. Inclusive nas zonas rurais. Na época, ocorria um encontro das BISC – Brigadas Internacionais de Solidariedade a Cuba.

  12. Porque a imprensa não investiga Cuba.
    Lá não tem milícias, traficantes, assaltos.
    Estão exportando professores e médicos, vacinas e medicamentos.

  13. Parabéns Leandro l. leocadio essa nossa classe media e a propria elite sao mesmo analfabetos politicos, eles nao irao ler essa maravilhosa explanacao é realmente uma pena

  14. A saída de Cuba não se deve apenas por dissidentes. Em 1980 Reagan,usou rádios em Miami e até aviões jogando panfletos sobre a ilha,que continham informações,declarando que os EUA receberiam qualquer um cubano como herói se fugisse da ilha e daria a esse “heroi”: casa, comida e trabalho. Numa tentativa clara de tumultuar e causar o caos na ilha. O que teve de Cubano sugestionado querendo fugir em botes frageis não tá no gibi e a imagem disso é usada perpetuamente pela mídia capitalista.

  15. Só uma pequena análise. Essa carta parece que foi feita pelo governo de cuba , dada a mesma retórica de fala do governo cubano. Acho que podemos abrir mais o leque utilizando a naturalidade, sem se preocupar com a auto defesa bem típica. Que tal uma intrevista com cubanos de diferentes regiões, idades etc e depois uma fala histórica livre. Assim poderíamos tirar melhor conclusão. Ao que me parece essa carta só obscurecece mais a verdade, isso para o analista honesto tirar as conclusões abrangentes. Precisaríamos nos afastamos de prós e contra para uma avaliação aberta, até mesmo por respeito aos direitos e necessidades das pessoas de ter conclusão independente do texto. Este texto não exprime as condições mínimas. O texto luta com o leitor negativamente com uma presença coecitiva na primeira pessoa.

Deixe uma resposta