24 horas sem Temer

imagesDesde ontem até hoje, vivi sem Temer. Cuidei do que está aqui. Meu mundo imediato. Prestei muita mais atenção às pessoas com quem convivo. Meu entorno imediato.

O canto dos pássaros. As plantas e as flores. Os pássaros. Surpreendi-me hoje pela manhã, ao escutar o canto de um passarinho branco e preto nas proximidades da padaria. O caminhar pela areia. Tudo parecia mais aqui e eu também. Tudo mais aqui. As ondas no mar. A espuma das ondas. Os sons do mar. As pessoas passeando pela beira-mar. Alguma mulher que me chamou mais a atenção.

Os barquinhos no mar, lá longe. Um deles, lembrou-me de um outro barquinho, que vi dias atrás em Cabedelo, com Maria. As conversas com meu velho amigo que está aqui passando uns dias conosco. Tudo estava mais aqui. Tudo está mais aqui. Nada a Temer. Publiquei uns artigos contra o golpe.

O povo continua de pé, e eu também, atento a esta movimentação da resistência. Mas não preciso cancelar a minha vida por causa deste golpe. Eu não vou deixar que isto aconteça. O golpe lá, e eu aqui.

Deixe uma resposta