Categorias
Opinião

Velhos companheiros de luta

O Lula ganhou, finalmente o dia que Juvenal tanto esperava chegou e a emoção foi tamanha que acabou batendo no hospital durante o hino: 12 anos desacordado. Voltou, uma felicidade pra família, mas antes do abraço pediu o jornal.

O Lula ganhou, finalmente o dia que Juvenal tanto esperava chegou e a emoção foi tamanha que acabou batendo no hospital durante o hino: 12 anos desacordado. Voltou, uma felicidade pra família, mas antes do abraço pediu o jornal.
O ministro da Pesca é investigado por peculato, lavagem de dinheiro e desvios de milhões da Sudam, o de Minas e Energia por fraudar licitações e superfaturar o preço do combustível fornecido a órgãos públicos, o da Aviação Civil por envolvimento em crimes em licitações de construção de barragens.
A da Agricultura odeia índio, sem-terra e ambientalista, o da Educação odeia professor, o das Cidades odeia favelado. O ministro do Esporte é pastor e nunca ouviu falar do assunto, enquanto o da Ciência acha esse lance de mudança climática coisa do diabo imperialista ou, pior, de ecoterroristas internacionalistas.
Haveríamos de nos salvar na luta contra o capital, nossa maior bandeira, mas a imprensa golpista anuncia que um banqueiro mão de vaca administrará as contas públicas e diversos direitos trabalhistas foram cortados já no feriadão de fim de ano.
O velório está previsto para começar às 10h, na capela 3 do Cemitério São João Batista. A pensão da família foi cortada em 50% durante anúncio feito nesta semana pelos companheiros de luta.

Por Gustavo Barreto

Jornalista, 39, com mestrado (2011) e doutorado (2015) em Comunicação e Cultura pela UFRJ. É autor de três livros: o primeiro sobre cidadania, direitos humanos e internet, e os dois demais sobre a história da imigração na imprensa brasileira (todos disponíveis clicando aqui). Atualmente é estudante de Psicologia. Acesse o currículo lattes clicando aqui. Acesse também pelo Facebook (fb.com/gustavo.barreto.rio) e Twitter (@gustavobarreto_).

Ver arquivo

Deixe uma resposta