Categorias
Cidadania Saúde Terapia Comunitária Integrativa

Terapia Comunitária Integrativa Virtual: Conexões em tempos de pandemia

Por Ana Lúcia Basilio Carneiro, Semírames Cartonilho de Souza Ramos, Roziane Marinho Ribeiro, Mariana Nunes Azevedo de Melo, Conceição de Maria Bezerra de Melo, Pamella Kelly Farias de Aguiar, Beatriz Rocha Monteiro, Miria de Lima Ferreira, Priscila Barbosa Lins Falcão, Jéssica Jeane de Sousa Maciel, Juliana Luiza de Araújo, Lincoln Basilio Alves.

A Terapia Comunitária Integrativa (TCI) é uma tecnologia leve de cuidado grupal adaptável a diferentes ambientes, populações e contextos. Neste período de pandemia da COVID-19, a TCI – coordenada pelo Projeto NeuroConexõesUFPB, adequou-se ao ambiente virtual e reuniu membros da comunidade no período de isolamento social no processo de construção coletiva do cuidado. É sobre essa experiência que este trabalho pretende discutir. Esse estudo possui uma abordagem qualitativa, descritiva e exploratória, a fim de apresentar resultados de pesquisa que tratam de inquietações e estratégias de enfrentamento dos participantes das vivências com TCI virtual, realizadas durante o período de pandemia e respectivo isolamento social.

Os encontros de TCI foram conduzidos em etapas pré-determinadas: acolhimento, escolha do tema, contextualização, problematização, rituais de agregação e conotação positiva. As terapeutas realizaram observação participante e registraram informações escritas e captura de imagens. Realizaram-se nove encontros virtuais no período de pandemia, de abril a outubro de 2020, com um total de 125 participantes, a maioria estudantes do sexo feminino. As falas das etapas de escolha do tema, contextualização e problematização foram organizadas nas categorias de sensações, emoções, sentimentos e necessidades, identificados como: medo, raiva, tristeza, culpa, desânimo, angústia, ansiedade, insegurança, preocupação e solidão. A maioria das temáticas tinha como pano de fundo os relacionamentos. Os recortes das falas dos participantes revelaram diferentes situações relacionais vivenciadas e respectivas estratégias de enfrentamento, superação e ressignificação, dentre elas detectou-se a promoção do autocuidado, o autoconhecimento e o desejo de entender e procurar significados.

Leia o artigo na íntegra: (capítulo 13, pp. 84-98)

Documento PDF

 

Fonte: Tópicos em Ciências da Saúde (2021)

Deixe uma resposta