Categorias
Cultura Memória & Consciência Mundo

Leia a análise, veja o filme: “Jonas, que terá 25 anos no ano 2000” profetizou um novo 1968.

A fênix revolucionária renascerá das cinzas? “O anseio meu nunca mais vai ser só Procura ser da forma mais precisa O que preciso for Pra convencer a toda gente Que no amor e só no amor Há de nascer o homem de amanhã” (Geraldo Vandré, Bonita) O ideário político dos contestadores de 1968 é pouco lembrado e […]

Categorias
Brasil

Mais e melhores revoluções virão

Obama e Raúl: uma imagem vale por mil palavras. Os Estados Unidos e Cuba voltam, aos poucos, a manter um relacionamento civilizado. A invasão da Baía dos Porcos, a crise dos mísseis e o embargo econômico parecem episódios definitivamente superados, marcos daquele passado sombrio que Winston Churchill, batizou com um nome agourento: guerra fria. Como será […]

Categorias
Opinião

Governos totalitários e corruptos têm mesmo de ser derrubados

Grandes jornalistas do passado, como Carlos Heitor Cony, são leitura obrigatória para quem procura alternativa à mesmice insossa e ao reacionarismo hidrófobo da imprensa atual.   Seus lampejos são cada vez mais esporádicos mas, quando acontecem, produzem mais luz do que os escribas medíocres durante uma carreira inteira.   Neste domingo (27), p. ex., foi […]

Categorias
Opinião

Um ideário para a revolução do século 21

Em sua coluna dominical — Adeus, Fidel; adeus, silêncio? –, o veterano jornalista Clóvis Rossi aborda as “reformas econômicas que transformarão a ilha caribenha”, a serem aprovadas hoje (17), no 6º Congresso do Partido Comunista Cubano. Segundo ele, o corte de um quinto dos postos de trabalho no setor público e o estímulo à criação […]

Categorias
Opinião

O renascer das cinzas e o homem novo

“O anseio meu nunca mais vai ser só Procura ser da forma mais precisa O que preciso for Pra convencer a toda gente Que no amor e só no amor Há de nascer o homem de amanhã” (Geraldo Vandré, “Bonita”) O ideário político dos contestadores de 1968 é pouco lembrado e menos ainda reverenciado, já […]

Categorias
Opinião

O céu como bandeira e a História na mão

No início do ano letivo de 1968, sem que ninguém esperasse, a polícia da ditadura atacou com bestialidade extrema um restaurante para estudantes carentes no Rio de Janeiro, acabando por matar a tiros um secundarista de apenas 16 anos, Edson Souto. O movimento estudantil brasileiro, que tinha sido praticamente extinto pela repressão em 1964, já […]