Categorias
Saúde

Hanseníase: data reforça a luta contra o preconceito

Este domingo, 29 de janeiro, foi o Dia Mundial de Combate à Hanseníase. A data é uma oportunidade para sensibilizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico e tratamento da doença e reforçar a luta contra o preconceito, que ainda persiste contra os pacientes. A hanseníase tem cura e a transmissão da bactéria que provoca a doença é interrompida em 48 horas após o início do tratamento – que é gratuito e está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo dados do Ministério da Saúde, 30 mil novos casos de hanseníase foram identificados no país em 2011 – o que significa uma redução de 15% em relação ao ano anterior. Entre menores de 15 anos a redução foi de 11%.