Categorias
Opinião

Viva o humor, abaixo a carranca!

Desde os tempos de Aparício Torelly (o mui digno Barão de Itararé), a sátira política é um respiradouro para cidadãos sem meios mais efetivos para confrontarem os poderosos. “Manda quem pode e obedece quem tem juízo”, diziam os antigos. Mas, submeter-se ao mandonismo ofende e amargura homens livres. O desabafo na forma de humor é […]

Sair da versão mobile