Categorias
Cultura Memória & Consciência Mundo

Leia a análise, veja o filme: “Jonas, que terá 25 anos no ano 2000” profetizou um novo 1968.

A fênix revolucionária renascerá das cinzas? “O anseio meu nunca mais vai ser só Procura ser da forma mais precisa O que preciso for Pra convencer a toda gente Que no amor e só no amor Há de nascer o homem de amanhã” (Geraldo Vandré, Bonita) O ideário político dos contestadores de 1968 é pouco lembrado e […]

Categorias
Economia Meio ambiente Mundo

Crise final do capitalismo virá com as catástrofes ambientais?

Pesadelos da ficção-científica virarão realidade? “A grande crise do capitalismo virá quando chegar a catástrofe ambiental. Penso que haverá desastres cada vez mais frequentes e profundos. Haverá um momento de virada na história, uma espécie de barbárie ou alguma forma de regulação global dos mercados. (…) Não sei quando isso acontecerá, mas essa será a […]

Categorias
Opinião

Para além da tragédia anunciada

Uma leitora acusou-me de estar criticando o descaso do Rio de Janeiro com seus pobres por preferir que as Olimpíadas viessem para São Paulo. Não, nunca fui dado ao bairrismo. Preocupo-me mesmo é com a sina dos miseráveis. Penso sempre em quão inúteis são os sacrifícios e tormentos que os homens infligem aos homens. No […]

Categorias
Opinião

O renascer das cinzas e o homem novo

“O anseio meu nunca mais vai ser só Procura ser da forma mais precisa O que preciso for Pra convencer a toda gente Que no amor e só no amor Há de nascer o homem de amanhã” (Geraldo Vandré, “Bonita”) O ideário político dos contestadores de 1968 é pouco lembrado e menos ainda reverenciado, já […]

Categorias
Opinião

Capitalismo, o anjo exterminador

Celso Lungaretti Uma marca da Geração 1968 foi enveredar pela psicanálise, para entender melhor a forma de dominação imposta pelo capitalismo avançado. Herbert Marcuse, principalmente, colocou a sociedade pós-industrial no divã, daí derivando conclusões utilíssimas para os movimentos revolucionários… que logo as deixariam de lado, voltando celeremente às crenças e posturas antigas, como se quisessem […]

Categorias
Opinião

Contra quem nos batemos

Celso Lungaretti Paulo Francis dizia que, quando o homem se decepciona com os grandes ideais políticos e religiosos, só lhe resta manter a dignidade pessoal, exercendo bem o seu ofício. Falava por si próprio, jornalista, pois há ofícios perfeitamente inúteis, que nada de bom trazem para a humanidade. Como os ligados à agiotagem em larga […]

Sair da versão mobile