Categorias
Cultura Educação

Adélia Prado: Antes do nome

Antes do nome Não me importa a palavra, esta corriqueira. Quero é o esplêndido caos de onde emerge a sintaxe, os sítios escuros onde nasce o ‘do’, o ‘aliás’, o ‘o’, o ‘porém’ e o ‘que’, esta incompreensível muleta que me apoia. Quem entender a linguagem entende Deus cujo Filho é o Verbo. Morre quem […]

Categorias
Cidadania Educação

Identidade

Escrevo. Gosto de escrever. Escrevo como quem vêm para o que lhe é próprio. Meu lugar é numa folha em que escrevo e leio, e também no mundo lá fora e aqui dentro. Não me preocupa repetir. Não escrevo para dizer algo novo, necessariamente, mas apenas para estar no meu lugar. Quando estou aqui, passado […]

Categorias
Cultura Mulheres

O poder de um breve texto sobre a mulher

Há um escrito de Anaïs Nin (“A nova mulher”, no seu livro Em busca de um homem sensível) que despertou e continua a despertar em mim fortes motivações. Em vão tenho tentado obter a versão digitalizada ou eu mesmo digitalizar este texto. Por algum motivo (ou mais de um) não levo adiante essa tarefa. É […]

Categorias
Cultura

É isto

Um caderno ao alcance da mão Uma letra na folha É mais do que um mundo. São todos os mundos possíveis, Ou o único necessário. Aquele que sou Aquele em que consisto Aquele fio tênue de luz que me faz por dentro e que se estende em todas as direções. Tudo isto é um caderno, […]

Categorias
Español

Renovando

Como no tengo nada que hacer, me pongo a escribir. Voy viendo las letras que aparecen sobre la hoja. Esto me entretiene. Voy viendo lo que aparece. Una palabra. Una frase. Parágrafos. De pronto, es una hoja entera escrita, sin nada que decir. Esto me agrada. Hay tanta felicidad en hacer cosas porque sí. Uno […]

Categorias
Brasil Cidadania Cultura Saúde Terapia Comunitária Integrativa

Imortalização

Havia descoberto, finalmente, um modo de se imortalizar. Talvez fosse um modo muito antigo, uma forma já sabida pela humanidade e praticada. Mas, em todo o caso, uma coisa é ter uma informação sobre alguma coisa e outra, muito diferente, é tê-la descoberto por si próprio. O caso é que, numa manhã de julho, de […]