Categorias
Opinião

“Jesus hoje certamente seria considerado por muitos um subversivo, esquerdopata”, diz Ismael Souza, pastor evangélico e professor de Jiu-Jitsu

Existem pessoas que se posicionam à esquerda, mas que não são, não sabem o que é e acabam trazendo prejuízos ao próprio ideal. De forma inadequada, se apropriaram do suposto discurso para oprimir, e isso também é inadmissível.

Categorias
Opinião

“O Jiu-Jitsu é minha maior ferramenta de educação”, diz o campeão Helvecio Penna

“É de uma extrema covardia essa palavra meritocracia, no mundo em que a gente vive.”

Brasil ou quando os ratos abandonam o barco

Um governo à deriva. Ainda queremos saber qual a novidade que este presidente trouxe para o bem de toda nação. Já dizia o maestro Tom Jobim que este país não é para amadores e Bolsonaro parece que recebeu, após a sua vitória em Outubro, um brinquedo que parecia fácil de mexer e manipular. Ele esquece […]

Deus, serpentes aladas e o profeta: o que a vocação de Isaias pode contribuir contra as violências nos terreiros?

Notícia nova para um assunto que, tragicamente, tem se tornado comum: novamente recebemos a informação de mais um templo de religiões de matrizes africanas violentado por fieis de igrejas evangélicas

Não basta pedir desculpas: deve-se desarmar o cristianismo por dentro

“A violência faz-se sagrado” (René Girard) “Ler o que nunca foi escrito” (Walter Benjamin) É com grande tristeza que se recebe outra notícia sobre mais um templo de candomblé destruído. Foi na segunda-feira, 25 de março, na região de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense (no link: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/03/29/terreiro-de-candomble-e-depredado-em-nova-iguacu-religiosos-foram-expulsos.ghtml). Segundo os religiosos do próprio terreiro, eles foram […]

Reverso da industrialização: a Reprimarização do Brasil de 1990 até o momento

A História da Industrialização e reprimarização do Brasil começa pela formação econômica essencialmente comercial de acumulação capitalista do país nos ciclos de produtos primários. A acumulação primitiva de capital advinda do café e comércio exportador culmina na pré-industrialização do século XIX, e com o grande impulso do século XX (Delfim). O “choque adverso” da depressão […]