Categorias
Opinião

O jornalismo megalonanico da Revista VEJA

Leio boas notícias: Das 59 embaixadas abertas pelo Ministério das Relações Exteriores, a “grande maioria” está “em países pores do Caribe, da ásia e da África”. A partir daí a Revista VEJA mostra porque é, ano após ano, a campeã do neofascismo e da mediocridade do jornalismo brasileiro – e olha que a concorrência é grande, heim!

Sair da versão mobile