Arquivo da tag: Canadá

Trabalhadores morrem em mina da Vale no Canadá

Por Danilo Augusto, da Radioagência NP

Dois trabalhadores da mineradora brasileira Vale morreram no Canadá. Os operários foram soterrados após um deslizamento na parte subterrânea da mina de níquel onde trabalhavam. O acidente ocorreu a 1 mil metros de profundidade. Na última semana, a Vale foi eleita a pior empresa do mundo pelo prêmio Public Eye Awards, justamente por causar problemas trabalhistas, além de problemas ambientais e sociais.

Após o acidente, a mineradora paralisou as atividades. A Mina, que fica na cidade de Sudbury, já tem um histórico de problemas. Os trabalhadores da unidade já realizaram greve que durou um ano e meio exigindo melhores condições de trabalho.

A Vale foi fundada em 1942 e privatizada em maio de 1997 pelo governo Fernando Henrique Cardoso (FHC). A estatal foi adquirida pela iniciativa privada pelo valor de US$ 3,4 bilhões. Atualmente, seu valor de mercado passa de US$ 140 bilhões.

Com atuação em aproximadamente 30 países, a mineradora vem provocando conflitos sociais e ambientais. Diante disso – em 2010 – 80 organizações, presentes nos cinco continentes, organizaram o Movimento Internacional dos Atingidos pela Vale. Com a mobilização, foi criado um dossiê, que demonstra a ação devastadora da empresa. O documento foi entregue à Organização das Nações Unidas (ONU) e à Organização dos Estados Americanos (OEA).

Operários da Vale no Canadá estão em greve há sete meses

Faz sete meses que operários da Vale no Canadá da empresa Inco estão em greve. Os mesmos reclamam de uma série de perdas trabalhistas. Com a compra da Inco em 2006 a Vale passou a ocupar o segundo lugar no setor de mineração no mundo.

O movimento sindical de Campo Grande, no Rio de Janeiro, em encontro realizado no início do mês aprovou uma nota de solidariedade aos trabalhadores canadenses.

E ao mesmo tempo aproveitou para denunciar que o empreendimento desenvolvido pela Vale na região tem impulsionado a destruição ambiental. A Vale desenvolve em Campo Grande um projeto junto com a ThyssenKruppa Companhia Siderúrgica Atlântico (TKCSA). [do blog de Rogério Almeida]

Leia ainda:

Canadenses se preparam para caça polêmica de 335 mil focas

Caçadores e manifestantes estão se encaminhando para o Golfo de St Lawrence, no leste do Canadá, para a caça anual de focas arpa. A caça controvertida, que vira manchete todos os anos, vai matar a pauladas 335 mil focas neste ano. Entre os defensores dos direitos dos animais, Brigitte Bardot vai estar na região pela segunda vez. Na primeira visita da atriz ao local da matança das focas, em 1977, a publicidade praticamente acabou com a caça e foi proibida a caça de filhotes pequenos. Bardot queria encontrar-se com o primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, para protestar contra o que ela chamou de “massacre”, mas ele não aceitou. Da BBC Brasil.

Canadá aprova o casamento entre homossexuais

A Câmara dos Comuns aprovou na noite desta terça-feira (28/06) a ampliação do direito de casamento entre casais homossexuais por todo o Canadá, apesar de forte oposição dos conservadores e de uma dissidência dentro do partido governista liberal. A votação concluiu dois anos de decisões na Justiça que deram aos casais de mesmo sexo o direito de casarem-se em oito de 10 províncias e um dos três territórios do Norte. Quando o Senado aprovar a medida, passo considerado apenas uma formalidade, o Canadá tornar-se-á o terceiro governo nacional a adotar esses direitos, depois da Holanda e da Bélgica. Do New York Times.

Suprema Corte apóia casamento gay

A Suprema Corte do Canadá deu sinal verde ao governo do país ontem para legalizar o casamento gay ao decidir que a Constituição permite a redefinição do casamento como a “união entre duas pessoas”, em vez da tradicional definição de “união entre um homem e uma mulher”. O tribunal, no entanto, rejeitou o pedido do governo para declarar que a Constituição tornava obrigatória a redefinição, o que daria uma vantagem ao premier Paul Martin, defensor da legalização, na batalha que enfrentará no Parlamento com os conservadores. (O Globo)

Separatistas devem vencer em Quebec eleição geral do Canadá

Clifford Krauss, de Montreal, para o NYT

Até alguns meses atrás, Gilles Duceppe era um líder hesitante do anêmico movimento separatista de Quebec, parecendo destinado a se tornar uma bizarra nota de rodapé na história canadense. Mas em uma virada de situação que tem mais a ver com o colapso do Partido Liberal, que está no governo, do que com as suas próprias habilidades, Duceppe está emergindo como o grande vencedor da campanha pela eleição parlamentar que escolherá um novo primeiro-ministro na próxima segunda-feira (28/06).

Duceppe não tem chances de substituir o primeiro-ministro Paul Martin, já que o seu partido só está disputando em Quebec. Mas, devido à insatisfação generalizada na segunda província mais populosa do Canadá com os recentes escândalos protagonizados pelos liberais, o Bloc Quebecois, de Duceppe, deverá obter uma vitória esmagadora em Quebec e remeter uma grande delegação à próxima Casa dos Comuns (…) Leia no New York Times.