Categorias
Brasil Memória & Consciência

É hora de termos novamente o céu como bandeira e de voltarmos a tomar a História na mão!

No início do ano letivo de 1968, sem que ninguém esperasse, a repressão da ditadura atacou com bestialidade extrema um restaurante para estudantes carentes no Rio de Janeiro, acabando por matar a tiros um secundarista de apenas 16 anos, Edson Souto. O movimento estudantil brasileiro, que tinha sido praticamente extinto pela repressão em 1964, já […]

Categorias
Cultura Oriente Médio

Roger Waters pede boicote a Israel. Caetano e Gil ignoram.

Gulliver… Roger Waters, que foi letrista, baterista e co-vocalista do conjunto britânico de rock progressivo Pink Floyd, não é melhor do que Caetano Veloso e Gilberto Gil apenas como artista (o álbum conceitual The Wall, que foi por ele concebido, coloca-o num patamar inalcansável para os baianos): também vale muito mais do que eles como ser […]

Categorias
Cultura

Textos, vídeos e fotos regatam o período mais marcante de nossa música em todos os tempos.

  Trabalhando numa editora de publicações musicais entre 1979 e 1984, fiz aprofundadas pesquisas sobre os grandes festivais de MPB e o programa “O Fino da Bossa”, para redigir os textos de edições dedicadas a cada um desses temas. Depois, em 1983, reuni o que havia de mais significativo nesse material todo no nº 54 da revista “Especial”. Exatamente por […]

Categorias
Cidadania Direitos Humanos

Especial: "O dia da grande mentira (a farsa)"

GOULART FOI DERRUBADO PELO PIPAROTE DE UM MAD DOG  FARDADO O que há, ainda, para se dizer sobre o infausto cinquentenário do golpe de 1964? Tantos e tantos já escreveram, alguns com conhecimento de causa, muitos com conhecimento livresco e um contingente maior ainda baseando-se nos panfletos pró e contra que infestam a internet… Aos intelectualmente honestos e […]

Categorias
Opinião

Filho de um italiano e de uma preta hauçá

Lembra Caetano Veloso sobre a origem migrante de Carlos Marighella no seu mais novo álbum, “Abraçaço”, mais especificamente na canção “Um Comunista”.

Categorias
Opinião

No dia que a liberdade foi-se embora

Eu tinha 13 anos em 31 de março de 1964.  Puxando pela memória, só consigo me lembrar de que a TV vendia o golpe de estado em grande estilo, insuflando tamanha euforia patrioteira que os cordeirinhos faziam fila para atender ao apelo “dê ouro para o bem do Brasil!”.  Matronas iam orgulhosamente tirar suas alianças […]