Categorias
Opinião

Sem meios termos: PM do Rio funciona sob a lógica da ditadura

Difícil acreditar na Polícia Militar do Rio. Muda comando, continua — perdoem a expressão — a mesma merda.

Autoritarismo herdado da ditadura direto para o Brasil do século 21. Cenas de ontem, 27 de agosto.

Sabe quando não é ditadura?

Quando acontece isso:

E isso:

E os responsáveis pela ação criminosa são identificados pelo Estado e são imediatamente exonerados pelo governo.

Então, fica a constatação: é ditadura.

Por Gustavo Barreto

Jornalista, 39, com mestrado (2011) e doutorado (2015) em Comunicação e Cultura pela UFRJ. É autor de três livros: o primeiro sobre cidadania, direitos humanos e internet, e os dois demais sobre a história da imigração na imprensa brasileira (todos disponíveis clicando aqui). Atualmente é estudante de Psicologia. Acesse o currículo lattes clicando aqui. Acesse também pelo Facebook (fb.com/gustavo.barreto.rio) e Twitter (@gustavobarreto_).

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile