Sarney enquadrou a Globo

“O governo de Roseana Sarney já estabeleceu contratos com a Fundação Roberto Marinho bem mais polêmicos e de valores muito mais altos do que a Fundação José Sarney. A Fundação Roberto Marinho também deveria ser investigada pelos quase R$ 100 milhões recebidos do governo do Maranhão”…

Acabo de receber no meu emeio:
Sarney ENQUADROU TV Globo
Fonte: http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2009/07/sarney-enquadrou-tv-globo.html

O senador José Sarney (PMDB/AP), quando foi presidente da República, foi muito… mas muito próximo de Roberto Marinho.
ACM foi ministro das comunicações de Sarney, com o apadrinhamento de Roberto Marinho, e nessa época o Império das Organizações Globo atingiu a auge. Uma era de ouro, e bota ouro nisso.
Sarney, se puxar pela memória, sabe demais sobre os “atos secretos” das Organizações Globo, naquela longínqua transição da década de 80 para 90, época chamada de década perdida… mas não para a família Marinho.
Além disso, o governo de Roseana Sarney, quando governadora na época em que FHC era presidente, já estabeleceu contratos com a Fundação Roberto Marinho bem mais polêmicos e de valores muito mais altos do que a Fundação José Sarney. A Fundação Roberto Marinho também deveria ser investigada na prestação de contas dos quase R$ 100 milhões recebidos do governo do Maranhão.
Em 1989, durante o governo Sarney, Roberto Marinho tornou-se banqueiro (tal qual Edemar Cid Ferreira do Banco Santos), ao conseguir junto ao Banco Central licença para operar o Banco ABC Roma (Ro-ma são iniciais de Roberto Marinho, e ABC é do Arab Banking Corporation, sócio na empreitada, que, mais tarde, adquiriu a parte dos Marinho, quando a Globo esteve à beira da falência, por volta de 2002, devido ao elevado endividamento externo e a alta do dólar no fim do governo FHC).
Ahhh… como seria bom se a TV Globo continuasse brigando com Sarney, e ele publicasse seu livro de memórias sobre as Organizações Globo. Certamente seriam noticiadas com estardalhaço pelas concorrentes Record, Band e SBT, comprometendo a própria sobrevivência da TV Globo.
Mas isso ainda não vai acontecer agora.
A TV Globo ainda não repercutiu a revista Veja desta semana, como seria de se esperar. As críticas à Sarney, e ao próprio Senado nos telejornais tem esfriado e sido tratadas com discrição. O foco das denúncias não tem sido apenas contra Sarney. Ora coloca as denúncias (discretas) contra o Senado como um todo, ora arrolam outros senadores no meio, aliviando Sarney.
Ou seja, Sarney ENQUADROU a Globo.
Para continuar mostrando serviço à José Serra (que injetou uma fortuna do dinheiro dos cofres paulistas na Globo com a escandalosa propaganda da SABESP em rede nacional)… as críticas ácidas contra Sarney dentro das Organizações Globo resumem-se atualmente ao decadente jornal “O Globo” e seus blogueiros, cada vez menos influentes e com tiragens cada vez menores, devido às seguidas barrigas e proteção à corrupção demo-tucana.
Querem uma prova? Olhem o vídeo com a charge animada, exibido no Jornal da Globo do dia 8. Quem ficou mal na charge foi Arthur Virgílio.
A Globo sabe que Sarney é Sarney desde sempre. Nunca se preocupou com isso. Pelo contrário, sempre ajudou a elegê-lo a todos os cargos que disputou. De repente, resolveu descartar Sarney, quando tornou-se um aliado político do arqui-inimigo da Globo: o Presidente Lula. Com isso, Sarney não atende mais aos projetos de poder globais de levar demo-tucanos ao Planalto.
Mas se a Globo sabe que Sarney é Sarney desde sempre… Sarney também sabe que a Globo é a Globo desde sempre… Por isso Sarney ENQUADROU a Globo.

4 respostas em “Sarney enquadrou a Globo”

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile