Categorias
Opinião

Poesia e prosa

“E a cidade era um rio de lava, meio tensa meio seca, era minha carne que líquida se esgueirava a mil por hora em desejo e vida.

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile