O império Globo de crimes

O escândalo Globo/Time Life não é meramente um caso de um sócio brasileiro (Roberto Marinho) que aceita como sócio uma empresa estrangeira (Grupo Time-Life). É antes de mais nada um suporte de mídia nojento que visava apoiar, dar base, sustentação e consolidar a ditadura no Brasil, apoiada e supervisionada pela CIA…

(Leia outros artigos do autor ao final do texto e no Especial Globo)
Em 28 de junho de 1993, na Tribuna de Imprensa, eu publicava um dos mais contundentes artigos sobre a Rede Globo de Televisão sob o título acima, e que historiava, com precisão, a trajetória do Império Globo de Crimes, nascido em 64, e não em 65 como a Globo faz parecer, na lama e da lama da ditadura e que jamais se afastou deste caminho tortuoso e lamacento, conforme iremos ver ao longo de algumas edições.
Como o artigo é muito longo, iremos ver cada assunto isoladamente: Time-Life, Riocentro, Gasômertro, Oban, Assaltos a banco (Banerj, Banco do Brasil, Caixa Econômica/FGTS/Projac), NEC, Papatudo, Afundação Roberto Marinho, Rádio TV Paulista, BNDES, e outros. Hoje iniciaremos pelo escândalo Globo/Time-Lime.
O escândalo Globo/Time Life não é meramente um caso de um sócio brasileiro (Roberto Marinho) que aceita como sócio uma empresa estrangeira (Grupo Time-Life), contra todas as leis do país. O escândalo Globo/Time-Life é mais do que isso. É muito mais do que uma burla às leis brasileiras e as falcatruas todas que se seguiram à esta associação. É antes de mais nada um suporte de mídia nojento que visava apoiar, dar base, sustentação e consolidar a ditadura no Brasil, apoiada e supervisionada pela CIA, por exigência dos Estados Unidos, comandado por terroristas da CIA, como Vernon Walters e Joe Walach, sendo este último com emprego fixo na Globo, como “representante” do grupo Time-Life.
E esta associação Globo-Ditadura foi o principal motivo e razão da longevidade de uma ditadura de 20 anos e da grande prosperidade e sobrevivência da própria Rede Globo que, em reciprocidade ao apoio à ditadura, recebia anúncios e mais anúncios dos governos militares como forma de pagamento. Eram anúncios (na maioria das vezes em horário nobre) para todos os gostos: Aliste-se no Exército, Marinha e Aeronáutica, Seja Sócio da Bibliex-Biblioteca do Exército, e campanhas de todos os tipos: Brasil – Ame-o ou Deixe-o, vacinação disso, vacinação daquilo, Zé Gotinha, Sujismundo, Dia do Soldado, Semana da Asa, etc, etc, etc. E às custas da ditadura militar a Globo enriqueceu e tornou-se um fabuloso império nascido na lama e da lama.
E as benesses não paravam por aí em pagamento “cash” sob a forma de anúncios, vieram os mais de 500 mil metros quadrados do Parque Lage, ganhos de forma indecente. Os 280 mil metros quadrados no Sítio da Pedra Bonita, no Alto da Boa Vista, financiado pelo Banco do Brasil ao inimaginável juros de 1% (um por cento). E mais um monte de “doações” e “doações” como estas.
O escândalo Globo/Time-Life além de ser um escândalo moral e financeiro fabuloso é também um amontoado de falcatruas inimagináveis e inalcansáveis ao cidadão mortal comum, que vai desde a integralização fictícia de capital com bens que não eram dele (Roberto Marinho), passando pela alienação de bens gravados e inalienáveis, e pela importação de equipamentos pesados para montar sua indústria de comunicação com câmbio favorecido de quatro anos antes da importação (assim qualquer um fica rico) até o arrendamento de bens dele para ele mesmo para poder remeter recursos para o exterior, ao grupo Time-Life.
Foram tantos, tantos, tantos os abusos e falcatruas que não restou outra alternativa para fugir ao flagrante que não fosse mandar arrancar as folhas 42 e seguintes do livro 1478 do II Cartório de Ofício de Notas, conforme brilhantemente descoberto e reportado por Daniel Herz em seu livro “A História Secreta da Rede Globo”.
Portanto, muito cuidado ao abordar e sintetizar o assunto Time-Life, pois dizer que a Globo esteve associada aos militares que deram o golpe de 64 e que o escândalo Globo/Time-Life foi só uma associaçãozinha ilegal e que tudo isso pertence ao passado é minimizar o problema e fazer o jogo de interesse da própria Rede Globo e isso, de alguma forma, ajuda a manter o Império Globo de Crimes.
OUTROS ARTIGOS DE ROMÉRO MACHADO
Riocentro e Gasômetro
Operação Bandeirantes
Assaltos a bancos
A falência do Império Globo
A falência do Império Globo II (BNDES)
O escândalo da TV Globo São Paulo
O escândalo do Papatudo
O retrato de Roberto Marinho de Preto e Branco
Nem os anônimos escapam da Globo
O escândalo Proconsult
De ladrão de bancos a ladrão de carros
Central Globo de Boatos
Tribunal de Contas enterra sonho da Globo
Afundação Roberto Marinho
Reflexos do livro Afundação Roberto Marinho
Entre a impunidade e a perseguição
Collor e Roberto Marinho
O supermercado Globo
A garota Rede Globo de programa
Uma novela chamada Chantagem
A vítima da vez
A manipulação da informação
A interferência da Globo na vida das pessoas
A Globo e a exploração de menores
A Globo e o Ibope Fahrenheit
A síntese do Império Globo de Crimes

6 respostas em “O império Globo de crimes”

É uma pena que os mais jovens não imaginam como Rede Globo e TV Record tornaram-se esse império… Infelizmente a Globo já tem “emburrecido” o povo a muito mais tempo. A Record, de Edir Macedo, só pegou “o bonde andando”…
Infelizmente é a TV brasileira, sem nada a ensinar a população!

Prezado Romero,
Parabéns pelo enorme serviço que você está prestando à sociedade brasileira, mostrando a sujeira lamacenta das organizações criminosas globo! Seus artigos são uma verdadeira aula de história da mídia no Brasil, e eu os divulgarei amplamente, pois nós só consolidaremos a democracia no Brasil se, e somente se, democratizarmos a comunicação. Certamente o esforço é hercúleo, o desafio é monumental, mas com a conscientização da sociedade e o profissionalismo de pessoas como você, o Marcelo Salles e aturma do Fazendo Média, o PHA, o Altamitro Borges, o Mino Carta, o Leandro Fortes, Rodrigo Vianna, Nassif, Azenha, o Prof. venício Lima, o Lalo Filho a rapazeada da Caros Amigos, da Forum, do Vermelho, da Carta Maior e tantos outros veículos e profissionais sérios nós podemos, sim, respirar liberdade e começar a escrever uma nova história do Brasil. A CONFECOM pode ser o começo!

Tecnologia a cabo ultrapassada?!?! Conexão a cabo ainda é mais rápida que satélite p/ internet (o upload satélite é lento) e é a mais contratada nas assinaturas de TV. O autor parece ter um rancor pessoal contra a Globo e transmite isso, claramente, no seu texto. Parece, também, querer trazer de volta o Collor, acusando os estudantes de ‘ignaros’ que foram às ruas, mas que eu saiba, o impeachment foi feito pelo judiciário, o povo não foi consultado em referendo.
Minimizou o confisco da poupança no plano Collor, omitiu completamente Zélia Cardoso de Mello, a ministra do governo Collor, que foi acusada e condenada por corrupção passiva e, após 10 anos, ainda não cumpriu pena e vive nos EEUU.
Eu não assisto o canal da globo, não assisto canal brasileiro nenhum, também não assisto os canais CNN, Fox, versão brasileira ou estadunidense. Está tudo corrompido, os canais de televisão estão cada vez mais concentrados em uns poucos donos, é como a riqueza também, faz parte do capitalismo exacerbado e descontrolado. Na américa do norte, os canais corrompidos vendem guerras imperialistas, venderam o Obama também. E eu receio que o bipartidarismo de lá está vindo pro Brasil, eliminando a pluralidade de opiniões políticas. A internet está democratizando a informação, mas até quando?
Tecnologia a cabo ultrapassada?!?! Fala sério.

Estava até interessada nas paginas acima, quando deparo que o escrevente dessas colunas, ja esteve mancomunado com a rede Record.
Outra que sem escrúpulos manipula toda uma população de crentes achando que Edir Macedo é o próprio DEUS.
Concordo em muito ou quase tudo que esta escrito nas matérias, mesmo porque eu vivi essa época. Mas teremos que juntar à Rede Globo, outras emissoras, tão sujas quanto, que todos os dias em seu jornal, avacalha e denigre a igreja católica que sabiamente fica calada e assiste de camarote essa briga, que no final das contas não vai dar em nada.
Como diz minha colega acima:
FALA SERIO!!!!!!!!!!!!!!!!

Não podemos esquecer que nos dias atuais a sucessora da Globo é a Record do bispo Macedo,que supera em tempo e espaço todas as corrupções da TV Globo,em todos esses anos.
E tem uma galera de fanáticos alienados que tentam,colocar na cabecinha do zé povinho que a Globo não presta e que a record é a TV assistida por Jesus.
Ou quem assiste a Globo vai para o inferno,quem assiste a Record vai para o céu.
SE LIGA!!!!

Deixe uma resposta