Categorias
Brasil Cidadania Saúde

Militares desservem o país Integrando governo ecocida

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

Dois milhões de ocorrências do Corona

E milhares de mortes – chegam a oitenta

O Governo se omite, não enfrenta

Seu dever mais sagrado abandona

Pouco empenha-se em tira-nos desta zona

A tomar cloroquina nos convida

Justo algo que escapa à sua lida

Eis por que grita a rua, o povo diz

Militares desservem o País

Integrando Governo ecocida

 

Em qualquer segmento, neste também

Uma parte desvia-se do padrão

Afetando a imagem da outra, então

Generais aos quartéis não se atêm

E compõem o governo – nada bem 

Exercendo funções tão repelidas

Ameaçam saúde e a própria vida

Em mister que respeito não lhes diz

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

No ocidente de cunho republicano

As carreiras de estado não têm partido

Integrar o governo é indevido

Assumir um partido é algo insano 

No cenário geral provoca dano

Com ação insensata e desmedida

Não poupando um sem-número de vidas

Numa quadra terrível e infeliz

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

Ano e meio, e móvel a educação

Sempre em clima de caos e adverso

Cada passo que dá gera o reverso 

Já no quarto Ministro e tudo em vão

Professores, discentes dizem não

Cada passo se mostra ação perdida

O governo do caos se apelida 

Na cultura é igual, ministros vis

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

Desgoverno se nega a coordenar

Passam dias sem ministro da saúde

Não se toca em saber dos ataúdes

Insensível, não quer se pôr a par

Petulante, se mete a contestar

Pandemia ceifando tantas vidas

Despertando suspeita genocida

Criticando Gilmar, pelo que diz

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

Não bastasse já tanto despautério

Sua agenda agora outro encerra

Eis que agora cogita fazer guerra

Demonstrando seu plano deletério

Qual servir aliado do vil império

Dos países irmãos, já sei Guarida

Finaliza Aventura fratricida

Seu apreço a nação só contradiz

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

Um balanço se impõe: é desastrosa

A gestão Bolsonaro, em vários tons

Sua árvore, seus frutos não são bons

Na esfera econômica, triste prosa

A gestão da saúde é danosa

No que tange às camadas oprimidas

Ouve mal seus clamores, sua lida

Com ação de gestor já não condiz

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida


Monstruosa é a esfera ambiental

Evidências terríveis são mostradas

Flora fauna abatidas em escalada

Pelo próprio governo incentivada

A serviço do grande capital

Sendo cúmplice o ministro principal

De grileiros, garimpo genocidas

Amazônia inteira é combalida

Povo indígena e outros mais civis

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

Na questão diplomática, o Brasil

No cenário do mundo, é respeitado

De amplo prestígio é seu legado

Desgoverno desfaz, de forma vil

Nomeando um capanga de covil

Atraiçoa a nação, abre ferida

A pilhar o Brasil Trump convida

Nossa imagem despenca, na raiz

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

 

Superar desafio deste porte

Sociedade civil tem pela frente

Movimentos Sociais, principalmente

Todos juntos, unidos, somos fortes

Pra vencer um sistema que é de morte

De uma força brutal e genocida

Que ameaça o Planeta, a própria vida

Fake News – eis a sua força motriz

Militares desservem o país

Integrando governo ecocida

Deixe uma resposta