Categorias
Mundo

Mensagem do Papa Francisco

“Ângelus”, dia 20.10.2019

Caros irmãos e irmãs, bom dia!

A segunda leitura da liturgia de hoje nos propõe a exortação que o Apóstolo Paulo dirige ao seu fiel colaborador Timóteo: “Anuncia a Palavra, insiste oportuna e inoportunamente, adverte, repreende, exorta com toda magnanimidade e ensinamento.” O tom é sincero: Timóteo deve sentir-se responsável pelo anúncio da Palavra.

O Dia Mundial da Missão, hoje celebrado, é uma ocasião propícia para que todo batizado tome consciência mais viva da necessidade de cooperar com a anúncio da Palavra, com o anúncio do Reino de Deus, mediante um renovado esforço. O Papa Bento XV, há cem anos atrás, a fim de dar novo impulso à responsabilidade missionária de toda a Igreja, promulgou a Carta Apostólica Maximum illud. Ele advertiu para a necessidade de para requalificar, do ponto de vista evangélico, a missão no mundo, no sentido de que fosse purificada de qualquer incrustação colonial e livre dos condicionamentos das políticas expansionistas das Nações europeias.

No contexto de hoje, a mensagem de Bento XV ainda é atual e estimula a superação da tentação de qualquer fechamento auto referencial e de toda forma de pessimismo pastoral, de modo que nos abramos à novidade alegre do Evangelho. Nos tempos de hoje, marcados por uma globalização que deveria ser solidária e respeitosa da particularidade dos pobres, e, ao contrário, ainda sofre com a homologação e com os antigos conflitos de poder que alimentam guerras e arruinam o planeta, os fiéis são chamados a levarem por toda parte, como um relançamento, a Boa Nova que em Jesus a misericórdia vence o pecado, a esperança vence o medo, a fraternidade vence a hostilidade. Cristo é a nossa paz e Nele toda divisão é superada, Nele apenas reside a salvação de todo ser humano e de todo povo.

Para vivermos a missão em plenitude, há uma condição indispensável: a oração, uma oração fervorosa e incessante, segundo os ensinamentos de Jesus proclamados também no Evangelho de hoje, no qual ele conta uma parábola «sobre a necessidade de rezar sempre, de maneira incessante”. A oração é o primeiro sustento do povo de Deus aos missionários, rica de afeto e gratidão para sua difícil tarefa de anunciar e dar a luz e a graça do Evangelho aos que ainda não O receberam. Hoje também é uma bela ocasião para nos perguntarmos: eu rezo pelos missionários? Rezo por aqueles que vão longe para levarem a Palavra de Deus com o testemunho? Pensemos nisso.

Que Maria, Mãe de todos os povos, acompanhe e proteja, a cada dia, os missionários do Evangelho.

Trad: AJFC

Digitação: EAFC

Uma resposta em “Mensagem do Papa Francisco”

Deixe uma resposta