Lula: nenhum governo fez pelo Rio mais do que as gestões petistas

Em encontro no Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (26/08), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou a importância do Rio de Janeiro para o imaginário de todos os brasileiros. Ele disse que a cidade é uma espécie de parente próximo quando algum brasileiro está fora do Brasil e quer se lembrar de onde é.

“Pouca gente tem a compreensão do significado do Rio de Janeiro. O Rio de Janeiro é aquela coisa boa para todos nós. Quando a gente está perdido, fora do Brasil, a gente lembra do Rio de Janeiro para mostrar de onde a gente é. O Rio de Janeiro é um parente mais próximo quando a gente está fora do Brasil”, disse.

LEIA MAIS: Podcast do Lula reúne melhores momentos da entrevista ao JN

Ao lado do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, da presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e dos candidatos ao governo do Rio Marcelo Freixo e ao Senado Marcelo Ceciliano, Lula lembrou do legado dos governos petistas e disse que nenhum governo fez pelo Rio de Janeiro mais e pelo Estado do que as gestões dele e de Dilma Rousseff.

“Não tem um bairro do Rio de Janeiro que você ande que não tenha um conjunto habitacional. Um bairro que não tenha uma obra de saneamento básico. Não tem um lugar que você ande que não encontre um metalúrgico que trabalhou num estaleiro que nós fizemos voltar a funcionar”, destacou.

LEIA MAIS: Lula no JN é o tema mais comentado do mundo e repercute na mídia estrangeira

Legado

Pelo programa Minha Casa, Minha Vida, foram destinados cerca de R$ 16 bilhões, entre subsídios federais e financiamentos. Foram entregues mais de 106 mil moradias.

Em mobilidade urbana foram R$ 26,1 bilhões entre obras de metrô, VLT, BRT e outras intervenções, em cidades como Campos, Duque de Caxias, Niterói e Petrópolis, além da capital. Do total de recursos, R$ 16,1 bilhões de investimentos federais e R$ 10 bilhões em contrapartida.

Na educação, cinco novos campi de universidades federais, 22 novas escolas técnicas 467 ônibus escolares, dos quais 352 em áreas rurais, mais de 117 mil alunos beneficiados pelo Prouni, outros mais de 138 mil pelo FIES e quase meio milhão de matrículas realizadas pelo Pronatec.

Além disso, o Bolsa Família atendeu a mais de 811 mil famílias e o luz para todos alcançou 22.246. Em saúde, foram 70 UPAS implantadas, 282 postos de saúde reformados e 129 construídos. Mais de 3,3 milhões de pessoas foram beneficiadas por medicamentos gratuitos e o Mais Médicos levou 732 profissionais a 75 municípios. Pelo Samu, foram 134 ambulâncias básicas e 45 UTIs móveis, cobrindo 60 municípios com sete centrais de regulação.

Fonte: PT

(26/08/2022)

Deixe uma resposta Cancelar resposta