Categorias
Cidadania Direitos Humanos

Fernández alerta sobre retomada da perseguição judicial a Lula

A perseguição que levou Lula à prisão e o condenou indevidamente, que o STF começou a reparar, representa uma mácula que o Brasil não merece, afirmou o presidente da Argentina, Alberto Fernández

Em uma série de tuites, em seu perfil, neste domingo, 11, o presidente da ArgentinaAlberto Fernández, manifestou sua preocupação diante da ameaça da retomada de perseguição ao presidente Lula por meio do que ele chama de “mesmas más práticas utilizadas anteriormente”.

“Dar marcha à ré da decisão tomada pelo STF por pressões midiárias e políticas significaria um retrocesso institucional para o Brasil e um dano incalculável para todos que reivindicam o Estado de Direito como base da democracia”, afirmou o presidente argentino.

Lembrando que o STF do Brasil anulou os processos que resultaram na condenação do presidente Lula, Fernández destaca que “a decisão teve singular relevância por deixar evidente o uso de diferentes medidas de poder (políticos e midiáticos) para impedir a um cidadão a possibilidade de competir eleitoralmente”.

O presidente Alberto Fernández conclui alertando que “Lula é um líder democrático não apenas para o Brasil, mas também para todo o continente latino-americano”. “A perseguição que levou Lula à prisão e o condenou indevidamente representa uma mácula que o Brasil não merece, que o STF começou a reparar”, conclui.

Da Redação do site do PT

Fonte: PT

Deixe uma resposta