Estão matando um por um em Campos (RJ)

Estão matando um por um em Campos, norte fluminense.

Dez dias após a execução a tiros de Cícero Guedes dos Santos, 48 anos, líder do MST em Campos, outro integrante do movimento foi assassinado na região.

A lavradora Regina dos Santos Pinho, 56, foi encontrada morta por asfixia, nesta quarta-feira, em casa, no assentamento Zumbi dos Palmares 4.

Ela estava com um lenço amarrado no pescoço e com parte do corpo nu. O Incra enviou representantes da Ouvidoria Agrária para acompanhar as investigações. (…) A polícia chegou até a casa dela porque colegas estranharam o fato de Regina não ter comparecido à missa de Sétimo Dia de Cícero, de quem era muito amiga.

As autoridades vão continuar assistindo de camarote? Não é caso para a Polícia Federal? Não é o caso de a imprensa investigar e pressionar?!?

Só se tivessemos num país realmente livre e comprometido com a reforma agrária.

Matéria do jornal O Dia: http://bit.ly/XQg5oX

Deixe uma resposta Cancelar resposta