Categorias
Brasil

Debate sobre energia nuclear marca 25º aniversário do acidente de Chernobyl

Evento contará com especialistas da área e a presença confirmada da ex-candidata à Presidência da República, Marina Silva

Nesta terça-feira, 26 de abril, dia do 25º aniversário do acidente de Chernobyl, a Fundação Heinrich Böll irá promover o debate “De Chernobyl a Fukushima: A Energia Nuclear não tem Futuro”, com a presença da ex-candidata à Presidência da República, Marina Silva. O evento, que conta com a parceria da Sociedade Angrense de Proteção Ecológica (Sapê) e da Rede Brasileira de Justiça Ambiental (RBJA), será no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), das 18h às 21h30.

Também irão participar Rogério Gomes, da Associação dos Fiscais de Radioproteção e Segurança Nuclear; Ildo Sauer, doutor em energia nuclear pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) e professor do Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo (USP); Alphonse Kelecom, professor do Instituto de Biologia da Universidade Federal Fluminense (UFF); e Marijane Lisboa, professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e relatora da Plataforma Dhesca, uma articulação nacional de 36 movimentos e organizações da sociedade civil que desenvolve ações de promoção, defesa e reparação dos Direitos Humanos Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais.

É preocupante a recusa do governo federal em rever o programa nuclear do país enquanto Europa e China estão repensando o uso da tecnologia atômica após o acidente de Fukushima. Por isso, o evento tem como objetivo promover um debate qualificado sobre o papel da energia nuclear na atual política energética brasileira. Serão abordados os mitos e riscos dessa fonte energética, os impactos negativos e as violações de direitos humanos causados pela mineração de urânio em Caetité (BA), e caminhos possíveis para uma matriz energética sustentável.

Confira a programação clicando aqui.

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile