Categorias
Cidadania Educação Saúde

Consciência liberta

Consciência, filosofia, são indispensáveis para viver

Saber o que é cada coisa

Conhecer o significado das palavras

Não dizer uma coisa pela outra

Tudo isto é necessário para vivermos bem

Para não sermos manipulados ou manipuladas

Para sabermos o que nos faz bem e o que nos destrói ou prejudica

Não é o mesmo uma possibilidade do que uma determinação

Uma escolha do que uma obrigação

Cada coisa é o que é e não é uma outra coisa.

Clareza é o que mais necessitamos para viver

Viver bem envolve conhecimento

Escuta, acolhimento da ajuda de pessoas que nos querem bem

Se eu não tiver noção do que quero ou preciso

Poderei me danificar seriamente.

Tenho consciência dos meus limites

Isto exige uma atenção constante

Uma aferição do meu estado físico e emocional

A minha disposição para me movimentar ou não

Tudo demanda atenção

Atenção é também carinho

Acolhimento de si mesmo, de si mesma.

Hoje temos que pluralizar a linguagem

Visibilizar as mulheres como sujeitos e não objetos

Existir envolve ações solidárias

Que não seja apenas uma formalidade

Mas sim, um ato desde o coração.

Quem já não se sentiu excluído ou excluída?

Comecei estas linhas com um chamado de atenção

O tempo passa. Devo ter paciência

Uma árvore não cresce em um dia ou numa semana

Precisa de tempo

Também a consciência precisa de tempo para se tornar uma ação libertadora

Entendo como ação libertadora

Aquela que me faz feliz, que me faz bem e que faz bem também a quem me rodeia.

Por Rolando Lazarte

Doutor em sociologia (Universidade de São Paulo). Mestre em sociologia (IUPERJ). Licenciado em sociologia (Universidad Nacional de Cuyo, Mendoza, Argentina). Terapeuta Comunitário. Escritor. Professor aposentado da UFPB. Membro do MISC-PB Movimento Integrado de Saúde Comunitária da Paraíba. Vários dos meus livros estão disponíveis on line gratuitamente: https://consciencia.net/mis-libros-on-line-meus-livros/

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile