Cablegate: agora é o público que escolhe

Passados quase dois meses do lançamento dos documentos das embaixadas americanas, o WikiLeaks vai começar uma nova estratégia de divulgação aqui no Brasil.
A partir de agora, vamos deixar o público escolher quais os temas que devem ser pesquisados no arquivo de documentos e publicados no site do WikiLeaks.
Basta responder a esse post pedindo um tema, figura pública ou evento a ser pesquisado, que eu vou selecionar os documentos. Todos os pedidos serão publicados, e os temas mais pedidos terão prioridade.
Para a divulgação, vamos fazer parceria com uma série de blogs e veículos independentes, entre eles: Carta Capital, Conversa Afiada, Luis Nassif Online, Blog do Mello, Escrevinhador, Viomundo, Nota de Rodapé, Maria Frô, Fazendo Média, Futepoca, Elaine Tavares, Gonzum, Blog do Rovai, Blog da Cidadania e Altamiro Borges.
É um experimento inédito. Até agora, Globo, Folha e WikiLeaks estavam usando seus critérios para julgar quais documentos seriam publicados por vez, algo “de cima pra baixo”. Dessa vez, o próprio público vai decidir, invertendo a lógica da produção da notícia.
As publicações começam na próxima semana.

3 comentários sobre “Cablegate: agora é o público que escolhe”

  1. Pingback: Tweets that mention :: Fazendo Media: a média que a mídia faz :: » Cablegate: agora é o público que escolhe -- Topsy.com

Deixe uma resposta