Categorias
Opinião Rio de Janeiro

Aumenta o número de mortos em enfrentamentos com a polícia carioca

De acordo estatísticas oficiais da cidade do Rio de Janeiro, polícia matou 961 pessoas entre janeiro e setembro. Por Juliano Domingues, da Radioagência NP.

A polícia do Rio de Janeiro (RJ) mata sete pessoas a cada dois dias. A informação é da estatística oficial da cidade, que computa o número de mortes causadas pela violência resultante da suposta reação do criminoso à abordagem policial. De janeiro a setembro, a polícia do Rio matou ao menos 961 pessoas, número que faz dela uma das mais violentas do mundo.

Comparada com o mesmo período de 2006, a polícia carioca matou 154 pessoas a mais. Enquanto aumenta o número de mortes, diminuiu o de presos. Até 30 de setembro, a polícia encarcerou aproximadamente 10 mil suspeitos, contra 13 mil no mesmo período de 2006.

O enfrentamento com traficantes é uma das características da gestão do governador Sérgio Cabral Filho (PMDB). A polícia do Rio de Janeiro está hoje mais equipada. O embate com traficantes nas favelas agora é apoiado pelo uso habitual de helicópteros com atiradores e veículos blindados, os “Caveirões”.

A última operação da polícia militar carioca, realizada no dia 16 na favela da Coréia (zona oeste do RJ) e que utilizou dessas novas armas, resultou em 12 mortos, entre eles um menino de quatro anos atingido em sua casa por uma bala perdida.

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile