Categorias
Opinião

Ato de Solidariedade às Mulheres da Via Campesina em SP

São Paulo, SP – Dia 16 de maio de 2006, a partir das 19 horas; Local: Sala dos Estudantes – Faculdade de Direito do Largo São Francisco

A Marcha Mundial das Mulheres e o Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Terra (MST) realizam atividade de solidariedade às companheiras da Via Campesina que vêm sofrendo perseguição por sua ação no dia internacional de luta das mulheres. No dia 8 de março deste ano cerca de duas mil mulheres da Via entraram na Aracruz Celulose, no Rio Grande do Sul, e realizaram ação que visava denunciar o deserto verde, o agronegócio e as imensas plantações de eucalipto.

A ação gerou um grande debate na sociedade e para muitos foi o início de um processo de discussão sobre o tema. Mas gerou também a repressão e perseguição por parte do governo do Rio Grande do Sul, do Judiciário e dos meios de comunicação. Até agora pelo menos 37 pessoas foram indiciadas e há uma grande mobilização de apoio e solidariedade às companheiras da Via Campesina e contra a
criminalização dos movimentos sociais. O ato será na Faculdade de Direito do Largo São Francisco (Sala dos Estudantes) nesta terça (16/5), a partir das 19 horas, em São Paulo (SP). Informações adicionais em http://www.marchamundialdasmulheres.org

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile