Categorias
Cidadania Cultura Saúde

A vida é uma continuidade mínima

A vida é uma continuidade mínima

Uma descontinuidade que prossegue

Tropeça e se levanta

Arrepende-se e avança

Se refaz após cada derrota

Respira e se guarda

Quando a noite espreita.

Levanta-se cada manhã olhando para a luz interior e para Deus

Que é a luz interior

Encontra ali e na própria história

No amor onipresente

Na esperança que resiste

Nas cores e canções

Poemas e dores florescidas

Mais e mais força para prosseguir.

Deter o genocídio,

Refazer a democracia

É tua, é minha lida!

 

 

Deixe uma resposta