Categorias
Opinião


MST denuncia caso Syngenta a relator da ONU

Nesta terça- feira (13/11), integrantes do MST entregam em Brasília ao relator da ONU sobre execuções arbitrárias, sumárias ou extrajudiciais, Philip Alston, relatório produzido pela ONG Terra de Direitos sobre um dos casos considerados exemplos da prática de extermínio de defensores de Direitos Humanos e da impunidade com a violência no Brasil: o assassinato de Valmir Mota de Oliveira, dirigente do MST no Paraná, ocorrido no dia 21 de outubro durante ação de uma milícia armada contratada pela transnacional Syngenta. Saiba mais.

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Sair da versão mobile